IDSDC

Forma de Contribuição 2

Leitura Bíblica: Provérbios 3:1-24

 Verso Áureo: "Ora, o fim do mandamento é o amor de um coração puro, e de uma boa consciência, e de uma fé não fingida. 1 Timóteo 1:5.

 Objetivo: Dar continuidade ao estudo dos Princípios de Fé adotados pela Igreja de Deus (7º dia) no Brasil  desde sua instituição neste país. Nesta lição continuaremos o estudo da lição 27, sob o título: "Forma de Contribuição na Igreja".  Gen 14:18-20; 28:20-22; 1 Cor. 9:7-13.

Introdução: O povo de Israel tinha muitas razões que justificavam a cobrança compulsória do dízimo e de outros tributos. Havia em Israel uma tribo separada exclusivamente para o serviço sacerdotal, cuja herança provinha das contribuições do povo. Quando todo o povo contribuía, havia fartura na Casa do Senhor, porém, quando sonegavam o que lhes era de direito, o sacerdócio perecia. "E eis que aos filhos de Levi tenho dado todos os dízimos em Israel por herança, pelo ministério que executam, o ministério da tenda da congregação." Números 18:21-26; 2 Crônicas 31:6; Neemias 13:5.

              O serviço sacerdotal no antigo pacto era árduo e exigia muito das pessoas escolhidas para suas funções. Cabia ao sacerdote oferecer os sacrifícios diários, as ofertas alçadas e todas as cerimônias das festas comemorativas. Além disso, os levitas não tinham herança territorial como as outras tribos. Daí a justificativa de se lhes dar o devido sustento, porque essa era a única herança que Deus lhes havia designado. Neemias 10:37; Neemias 12:44.  

              No sacerdócio da Nova Aliança, no entanto, não há a necessidade de se oferecer sacrifícios, pois, Cristo é tanto Sumo Sacerdote como é também o Cordeiro, oferecido por Si mesmo uma única vez. O escritor aos hebreus indaga: se a perfeição fosse pelo sacerdócio levítico, que necessidade havia de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque, e não segundo a ordem de Arão? Hebreus 7:11.

              Cristo disse certa vez: "Dai pois a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus." Mateus 22:21. Esta declaração de Cristo é utilizada pela maioria da cristandade para justificar a cobrança do dízimo como um

mandamento da Nova Aliança. No entanto, o fazem apoiando-se em Malaquias 3:10, destinado ao sacerdócio levita com exclusividade. Dizem: "O dízimo é de Deus, e por isso, quem não o entrega sistematicamente rouba a Deus." Desde quando Cristo falava de dízimo nesta passagem? Os dízimos eram dos levitas que faziam o trabalho de Deus. A Cesar, na verdade, eram dados os tributos impostos pelos romanos, mas entre os discípulos não deveria ser assim. Cristo somente afirma que é dever de todos cumprirem a legislação e prestar obediência às autoridades constituídas, desde que isto não implique desobediência a Palavra de Deus. Mateus 20:25; Lucas 22:25,26.  

QUESTIONÁRIO

              1. As declarações de Jesus isentam a Igreja das contribuições por dízimos e ofertas voluntarias?  

COMENTÁRIO: Não. Cristo nunca exigiu qualquer contribuição, porém, nunca ensinou os discípulos a combater os que têm prazer em contribuir. Pelo contrário, os presbíteros que governam bem, disse Paulo, sejam dignos de duplicada honra. Por outro lado, o presbítero deve ser o exemplo no serviço do Senhor, e isto certamente motivará a Igreja a contribuir com alegria. 1 Timóteo 3:2; 5:17; Tito 1:6; 2 Timóteo 2:24.

              2. Qual deve ser o comportamento dos responsáveis pelo bom andamento da obra de Deus?   

COMENTÁRIO: O obreiro deve ser o exemplo do rebanho. É seu dever incentivar os membros para o bom andamento da igreja, promover o trabalho em equipe e a evangelização; a visitar pessoas interessadas; estimular o hábito de congregar, a estudar a Bíblia e a contribuir financeiramente para o progresso do evangelho do reino. Mateus 4:17;10:7; Lucas 10:9.

              3. Os líderes devem impor contribuição forçosamente aos membros?

COMENTÁRIO: Ao contrário, devem ser exemplo e zelar pelo bem-estar de todos. 1 Pedro 5:1;5:2-4; 1 Timóteo 5:17. Assim, a igreja sente a necessidade de contribuir e o fará com prazer, sabendo que está contribuindo para Deus. Deus ama os que contribuem com alegria e abençoa os de coração puro que têm interesse em servi-Lo. 2 Coríntios 9:7; Romanos 8:28; 1 João 4:21.

GRUPO DE ESTUDOS BÍBLICOS EDIÇÃO INTERDENOMINACIONAL

Informação Importante:

Prezado amigo visitante, se o assunto lhe interessa, entre em contato conosco e solicite o estudo completo. Enviaremos gratuitamente pelos Correios, portanto, é necessário informar um endereço postal com número da residência e cep: Informe também um email válido, e não esqueça de consultar sua caixa de E-mails e Spam regularmente.

Se preferir, você pode entrar em contato conosco diretamente pelo portal do site. É mais eficiente e fácil de controlar. Para isso clique aqui:  CONTATO ou pelo

Fale conosco Estamos à disposição para atender em tudo que estiver ao nosso alcance.